logo-aladina-18.png

A Fundação Aladina nasceu em 2005, mas começou a operar quatro anos antes, quando Paco Arango pediu a um amigo que encontrasse um projeto no qual ele pudesse “colocar a mão na massa” e doar o seu tempo para devolver parte da sorte que teve na vida. Com essa ideia na cabeça, chegou numa quarta-feira à tarde, no ano de 2001, ao Hospital Infantil “Niño Jesús” em Madrid (Espanha) e ali ficou para sempre.

A Fundação Aladina proporciona apoio integral, por meio de assistência psicológica, material e emocional, a crianças e adolescentes com cancro e também às suas famílias. Para isso, conta com uma equipa de profissionais e voluntários que trabalham para amenizar o tempo que passam no hospital, ajudando a desligar e esquecer por algumas horas a doença e também ajudando-os a compreender a situação que estão a passar.

Atualmente, a fundação colabora com 12 hospitais em Espanha, ajudando mais de 1.500 crianças por ano e contribuindo para melhorar as instalações hospitalares dos centros com os quais trabalha. Um ótimo exemplo é o centro de transplantes de medula “MAKTUB” (financiado e construído com as receitas do filme realizado por Paco Arango). O centro é um dos mais avançados do mundo, onde já foram concretizados mais de 200 transplantes. Também em 2016, a Aladina realizou seu projeto mais importante até o momento, a construção da UTI ALADINA, que é a mais nova Unidade de Tratamentos Intensivos do Hospital Infantil “Niño Jesús” de Madrid.